Justiça gaúcha autoriza aborto de feto anencéfalo

A Justiça do Rio Grande do Sul autorizou uma gestante de Porto Alegre a fazer o aborto de um feto anencéfalo (sem o cérebro). O juiz responsável pelo caso, Leandro Raul Klippel, afirmou que o procedimento vai preservar a saúde física e psicológica da mulher.

De acordo com a Justiça, exames apontaram que o feto tem má-formação do crânio e que o fígado e o coração estão expostos.

Para o juiz, a legislação que proíbe o aborto pressupõe a presença de um feto com “viabilidade de vida”, o que não é o caso da gestante.

Ele falou ainda que não iria entrar em “discussões religiosas éticas ou morais” no caso e que apenas levaria em conta aspectos médicos e jurídicos. A decisão foi expedida na segunda-feira (26).

O Supremo Tribunal Federal ainda analisa a autorização de aborto para casos do tipo.

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/982372-justica-gaucha-autoriza-aborto-de-feto-anencefalo.shtml

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s