Médico e professor são mais pedófilos que padre, diz arcebispo

https://i1.wp.com/www.clicrbs.com.br/rbs/image/4888606.jpg

É bom estar de olho, além de querer livrar os padres pedófilos da responsabilidade, pessoas como este arcebispisto também querem criminalizar as mulheres. Querem impor a maternidade às mulheres. Se o papa fosse mulher, o aborto seria legal...

O arcebispo dom Dadeus Grings, 73, de Porto Alegre (RS), tentou minimizar as denúncias sobre padres pedófilos com a afirmação polêmica de que entre médicos, professores e empresários há mais abuso sexual de crianças e adolescentes do que entre sacerdotes.

“A sociedade é pedófila, esse é o problema, e as pessoas facilmente caem nisso”, disse Grings ontem, que foi o primeiro dia da 48ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), que discute a pedofilia, entre outros assuntos.

O arcebispo afirmou que, dos casos de pedofilia, a Igreja Católica tem 0,2% de culpa, e os outros 99,8% obtêm pouco destaque na imprensa. Ele acredita que existe uma campanha da imprensa para desacreditar a igreja pelo fato dela promover a castidade, hoje inadmissível pela sociedade.

Disse temer que os pedófilos consigam espaço para defender seus “direitos”, a exemplo do que houve com os homossexuais.

“Antigamente não se falava em homossexual. E era discriminado. Quando começa a (dizer) que eles têm direitos, direitos de se manifestar publicamente, daqui a pouco vão achar os direitos dos pedófilos.”

Em meados de abril, o secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Tarcisio Bertone, já tinha provocado uma polêmica ao afirmar que a pedofilia entre os sacerdotes não se deve ao celibato, mas à homossexualidade.

Houve protesto do movimento gay e o Vaticano desautorizou a afirmação de Bertone, embora ele seja o segundo na hierarquia da igreja, só abaixo do papa.

http://www.diarioliberdade.com/index.php?option=com_content&view=article&id=2511&Itemid=0&thanks=1

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Médico e professor são mais pedófilos que padre, diz arcebispo

  1. O Vaticano deveria proibir os católicos de comentar sobre pedofilia porque quanto mais saem em defesa da Igreja mais a incriminam com declarações mal formuladas. Começou com o Cardeal Bertone e continua nos sites e blogs católicos conservadores.
    A rigor o que acontece é que a direita católica, assim como o conservadorismo no planeta inteiro, vem perdendo terreno para a democracia, esta mais liberal.
    Os conservadores tentam reverter esse avanço inexorável das forças da liberdade. Só estão consumindo suas reservas porque o progresso é inevitável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s