Enquanto isso, na CNBB…

48ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), um dos grupos católicos mais “progressistas” do mundo. Quem os bispos escolheram para porta-voz do tema “A Missão da Igreja no Mundo”? Dom Dadeus Grings, arcebispo de Porto Alegre. Foi questionado por emissários da mídia satânica sobre a pedofilia na ICAR. Aos melhores momentos (recolhidos aqui, aqui e aqui):

A sociedade atual é pedófila, esse é o problema. Então, facilmente as pessoas caem nisso. E o fato de denunciar isso é um bom sinal.

Sim, mas tinha gente que pensava que a Igreja era pelo menos um pouquinho melhor do que a “sociedade”. Tanto barulho por nada? E melhor do que denunciar é, sabe o quê? Punir dentro de sua alçada e não obstruir a Justiça.

A Igreja tem 0,2% de culpa nestes casos, mas, ainda assim, os outros 99,8% não têm o mesmo destaque que a Igreja. Acho que isso é uma forma de querer prejudicar a Igreja que promove a castidade. No tempo atual este assunto se tornou irrelevante para a sociedade.

Casos de pedofilia em todos os setores da sociedade são destaque na mídia, como uma simples busca no Google pode mostrar. O resto é diversionismo. A Igreja Católica está sempre vindo para o centro das atenções por conta do comprovado acobertamento de criminosos pela sua cúpula, não obstante o papel de benfeitora a que se atribui. E essa é o problema, meu caro arcebispo (o problema que o senhor e seus pares não têm coragem de encarar de frente): Não é uma questão de porcentagem. É uma questão de responsabilidade e autoridade moral. Claro que existem professores, médicos e empresários pedófilos (para ficar nas categorias lembradas pelo arcebispo), mas são poucas as cúpulas que agem na surdina para que os contraventores escapem da justiça. São poucas as instituições que fogem de sua responsabilidade quando veem um microfone pela frente. E são poucas as que se arrogam a juízes morais da humanidade.

A Igreja ir lá acusar seus próprios filhos seria um pouco estranho.

E abrir as portas do Vaticano para impedir que eles sejam julgados em seus países é um bocado natural.

Quando a sexualidade é banalizada, é claro que isso vai atingir todos os casos. O homossexualismo é um caso. Antigamente não se falava em homossexual. E era discriminado. Quando começa a (dizer) que eles têm direitos, direitos de se manifestar publicamente, daqui a pouco vão achar os direitos dos pedófilos.

Aqueles bons velhos tempos de discriminação que não voltam mais, hem? Quanto aos “direitos dos pedófilos”, convenhamos que a instituição dos sonhos de cada um deles é a Igreja Católica — O quê?! Autoridade sobre batalhões de crianças e uma cúpula conivente com transgressores?! Cê deve tá brincando!

Dizendo que apenas apenas uma pequena parte dos gays o é inatamente, que a maior parte foi pervertida pelo meio:

Nós sabemos que o adolescente é espontaneamente homossexual. Menino brinca com menino, menina brinca com menina. Só depois, se não houve uma boa orientação, isso se fixa.

Só para quem acredita em alguma coisa parecida com a teoria da tábula rasa — e se você acredita, esse livro do Pinker vai te deixar atordoado por toda a eternidade. No mais, o inteligente arcebispo terá que nos informar se as outras 1.500 espécies que praticam a homossexualidade têm todas a sua versão da Parada Gay — se sim, favor encaminhar o achado para o Animal Planet, eles vão adorar fazer uma série de documentários.

Posted in:  http://index.opsblog.org/05/2010/cnbb/

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Enquanto isso, na CNBB…

  1. camila

    nossa o que dizer desse demente,
    preconceito, racismo(ja que um o papa foi escolhido pela cor da pele), machismo (freiras nunca poderão rezar uma missa), que essa igreja caia e leve esses arcaicos criminosos junto com ela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s